Cânula Nasal de Alto Fluxo: uma visão geral

Betina Santos Tomaz +

Marcelo Alcantara Holanda +

Renata dos Santos Vasconcelos +


Figuras: PPTX PDF para assinantes!

Xlung App

Xlung Assist Ped


Ao final deste capítulo o leitor deverá estar apto a:

  1. Conceituar a terapia com a cânula nasal de alto fluxo (CNAF) e seus componentes;

  2. Entender os efeitos fisiológicos e clínicos da CNAF;

  3. Identificar as indicações a partir das evidências científicas;

  4. Conhecer os principais equipamentos que ofertam a terapia com CNAF;

  5. Entender os ajustes iniciais, o processo de monitorização e o desmame da CNAF.

  1. Cânula Nasal de Alto Fluxo, conceitos
  2. A cânula nasal de alto fluxo (CNAF) é classificada como uma forma de oxigenoterapia não invasiva. Ela consiste no fornecimento de mistura de gases, oxigênio e ar comprimido (umidificado e aquecido), que possibilita uma oferta de fluxos considerados altos variando desde 20 até 60L/min e frações inspiradas de oxigênio (FIO2) de até 1,0 (100% de O2). A figura 1 mostra os componentes básicos dos componentes para uso de terapia com CNAF em um modelo com o sistema de câmara de umidificação autoalimentável MR850, detalhado na sessão 4 deste capítulo.

Para continuar a leitura...

Você deve possuir uma assinatura ativa da plataforma xlung

Caso já seja um assinante, faça Login no topo da página, ou adquira já a sua assinatura

Assine já